bggghjkkkk

bggghjkkkk

21 de junho de 2014

OS OLHOS DO CENTURIÃO



Sir Alfred Joseph Hitchcock, KBE, foi um cineasta inglês, considerado o "Mestre dos filmes de suspense", um dos mais conhecidos e populares realizadores de todos os tempos. Mas o que Alfred Hitchcock tem a ver com o enredo deste livro? Ora, esse cineasta ficou famoso dentre tantas coisas, por através de sua câmera mágica mostrar as cenas de um ângulo diferente, surpreendente, dando outra interpretação para as cenas carregadas de suspense e enriquecidas pelas trilhas famosas. Então, imaginamo-nos à época de Jesus Cristo: Imagine se pudéssemos estar presente na “cena” em que Judas o beija, indicando-o como a quem os que “não sabem o que fazem” perseguem? Imagine também o corredor do calvário, seus detalhes... Será que se estivéssemos por lá a história seria a mesma? Na certa não impediríamos o curso da história, mas existiriam outros detalhes que pudessem estar nos escritos, até mesmo a nossa própria morte em “defesa” de Deus. Neste Livro, Os olhos do Centurião serão para nós a Câmera de Hitchcock, para descrever em outros ângulos as principais cenas da vida do filho do homem, para que possamos imaginar, não com a riqueza de violência e sangue de Mel Gibson, mas com a clemência do Centurião ao constatar depois da crucificação que aquele homem na cruz era mesmo o filho de Deus.
Antonio Auggusto João

Nenhum comentário:

Postar um comentário